Combinações de sobremesa e chá

A maioria das pessoas sabe combinar vinho com comida, incluindo sobremesas. Mas você sabia que pode fazer a mesma coisa com o chá?

Assim como o vinho, o chá tem um perfil de sabor interessante e complexo. As combinações certas de chá e sobremesa irão realçar os sabores do seu chá e também da sua comida. The Tea Experience NY realizou dois webinars sobre como combinar chá com chocolate e combinar chá com queijo.

A ideia é combinar a força do seu chá com a da sua comida, procurando perfis de sabores complementares ou contrastantes.

Por exemplo, o chá preto tende a ser robusto, por isso pode ser servido com refeições ricas. O chá branco, por outro lado, é muito suave. Não combina bem com muitos alimentos. E, se você servir chá branco com um prato muito rico, quase não conseguirá sentir o sabor do chá.

Felizmente, combinar chá com sobremesa não é tão complicado quanto parece.

Abaixo está uma lista de combinações de chá e sobremesa para referência.

- Harmonizações com chá

Deliciosas combinações de chá e sobremesa

  1. Chá branco
    • Sobremesas escamosas e suaves
    • Bolos De Esponja
    • Sobremesas de Frutas

  2. Chá verde
    • Chá Verde Matcha com Sorvete de Baunilha
    • Sobremesas doces e delicadas como croissants
    • Chocolate escuro

  3. Chá Oolong
    • Macarons
    • Sobremesas frutadas como tortas

  4. Chá preto
    • Bolo de limão
    • Torta de frutas vermelhas
    • Biscoitos amanteigados
    • Pão de gengibre
    • Sobremesa com uma crosta de açúcar queimado por um maçarico
    • Biscoitos de açúcar
    • Pasteis de chocolate

  5. Chá Chai
    • Bolo De Libra
    • brownies
    • Sobremesas com canela ou maçã
    • Cheesecake Simples
    • Quindim

  6. Chás de herbais e florais
    • brownies
    • Chá de Lavanda com Bolinhos
    • Hortelã-pimenta e Chocolate

Reúna o seu chá e acessórios e certifique-se de que está abastecido com os seus chás preferidos para as férias.
Então que tal pegar aquele chá para a harmonização perfeita,

- Harmonizações com chá


- Harmonizações com chá

Como explorar o mundo encantador do chá

Como explorar o mundo encantador  do chá é tão vasto e complexo, ele oferece uma vida inteira de oportunidades de exploração e descoberta. Existem milhares e milhares de tipos diferentes de chá, cada um produzindo sabores, texturas e aromas únicos que você talvez nunca tenha experimentado em qualquer outro tipo de comida ou bebida.

Mesmo que isso possa parecer intimidante para você se você está apenas começando sua exploração, a arte de saborear o chá e desenvolver o paladar são habilidades que qualquer um pode aprender. Você só precisa de um bom chá, uma mente aberta, algumas ferramentas simples e um processo simples para ajudar a desenvolver o seu paladar.

COMO PROVAR O CHÁ E DESPERTAR OS SENTIDOS:

1. Prepare seu corpo, mente e espaço para que você possa envolver plenamente seus sentidos com o chá. Abra a sua imaginação para incluir todas as experiências da sua vida dentro e fora da área de comida e bebida. Como o chá vem de vários lugares do mundo e as nossas preferências pelo que é saboroso estão altamente ligadas à cultura a que pertencemos, é importante estar aberto a novas representações do que pode ser considerado uma experiência agradável para o seu paladar. À medida que você saboreia mais e melhores chás, seu paladar será recalibrado naturalmente com base em suas novas experiências e expectativas.

2. Reúna todos os materiais necessários para preparar o chá. Isso incluirá o chá ou chás que você deseja provar, água filtrada ou de nascente, um recipiente de vidro transparente ou de cerâmica branca, uma colher de chá, um termômetro adequado para alimentos ou uma chaleira com controle de temperatura e um cronômetro. Tempo, temperatura e proporção de água para folhas são os três fatores mais básicos para preparar uma xícara de chá bem preparada. É importante que você tenha as ferramentas para controlar com precisão essas condições.

3. Observe as folhas secas. Com algumas exceções, os bons chás têm uma aparência consistente. As folhas devem ter aproximadamente o mesmo tamanho, cor e formato. Qual é a cor? As folhas são encaracoladas, planas, peludas, lisas, retas, torcidas, enroladas, cortadas ou inteiras? Na maioria dos chás de boa qualidade, é fácil identificar folhas inteiras e intactas.
4. Prepare as folhas usando o tempo, a temperatura e a proporção água/folha apropriados. No verso de nossa embalagem incluímos instruções de preparo para cada chá. Comece seguindo as instruções da melhor maneira possível. À medida que for conhecendo o chá, adapte a sua preparação para realçar as qualidades que procura. Ajustar uma das variáveis ​​pode ter um grande efeito no resultado do chá preparado. Se o chá sair muito fraco ajuste uma das variáveis. Use um pouco mais de folhas, água mais quente ou mais tempo de maceração na próxima vez que for prepará-la. Se o chá estiver muito forte ou muito amargo, experimente usar menos folhas, menos tempo ou uma temperatura mais baixa. 1 colher de chá de folhas para 8 onças de água é uma proporção apropriada para muitos chás. Os chás verde, branco e amarelo são geralmente os mais sensíveis à temperatura e têm melhor sabor quando preparados entre 145 e 190 graus Fahrenheit. Os chás preto e oolong são geralmente mergulhados em 190-212 graus Fahrenheit. (Sencha é especialmente sensível ao tempo e à temperatura. Se o seu sencha for amargo, tente prepará-lo a 150º F ou menos.

5. Observe as folhas preparadas e o chá. Despeje o chá preparado em uma xícara branca. Uma palavra da indústria para chá preparado é “licor”. Qual é a cor do licor? É verde, vermelho, dourado, preto, amarelo? É claro como a água? Nublado? Existem partículas ou pêlos de folhas flutuando nele?

6. Cheire o chá. A boca só pode saborear cinco sabores: doce, salgado, azedo, amargo e “umami”, que se refere a um sabor saboroso e caldo. O nariz pode detectar aromas mais refinados, como florais, frutados, pinheiros, terrosos, esfumaçados, minerais, oceânicos e de curral. Inspire o aroma das folhas preparadas e do licor do chá. Anote cada pensamento que vier à mente. Use sua experiência de vida e memória para rastrear e identificar as notas de degustação. Não se limite apenas ao que você come e bebe.

7. Prove o chá. Se o chá estiver em uma temperatura segura para beber, tome um gole e beba. Sorver areja o chá, o que permite que mais aromas cheguem ao nariz para que você possa cheirar e saborear o chá simultaneamente. Além disso, tome goles suavemente, sem sorver. Deixe o chá cobrir toda a sua boca. Qual é a sensação do chá na sua boca? Qual é o corpo do chá? É aguado ou caldo? É adstringente ou suave e hidratante? O que você prova? Quanto tempo o sabor permanece na boca? Qual é a sensação ao passar pela sua garganta?

8. Faça anotações. Mantenha um diário de suas experiências. Anote seus sucessos e erros cada vez que preparar o chá para refinar suas habilidades. Observe os cheiros, sabores e cores ao seu redor no seu dia a dia. Isso o ajudará a ser mais específico ao identificar os aromas e sabores que você experimenta. Preste atenção à sensação e sabor do dia a dia na boca e como o chá afeta isso.

9. Por fim, não se esqueça de parar de pensar no chá e simplesmente mergulhar na experiência pura e sensorial e no prazer dele! Essa também é uma parte importante do processo.

Agora que você já sabe todos os passos para iniciar a sua aventura sensorial, acesse nosso site e deguste de um mundo de sabores. 

Por Bella Lemos.

Descobrindo as Similaridades e Diferenças
Combien peut-on boire de tasses de café par jour ? - Magazine Avantages

Para os amantes de bebidas quentes, café e chá são escolhas clássicas, cada uma com sua própria legião de seguidores devotos. Mas e se combinássemos essas duas paixões em uma só xícara? A união entre café e chá pode surpreender e encantar, revelando sabores únicos e uma experiência sensorial completamente nova.

Vamos mergulhar nessa deliciosa jornada, explorando as semelhanças e diferenças entre café e chá, além de destacar como ambas são apreciadas e celebradas em todo o mundo.

1. História e Cultura: Ao examinarmos a história do café e do chá, somos transportados para diferentes partes do globo, onde essas bebidas têm desempenhado papéis significativos. Desde as primeiras descobertas do café na Etiópia até as origens milenares do chá na China, a jornada dessas bebidas é uma tapeçaria rica em tradições e histórias fascinantes.

2. Rituais e Cerimônias: Tanto o café quanto o chá têm seus próprios rituais de preparação e cerimônias associadas a eles. Enquanto o café pode evocar imagens de cafeterias agitadas e pausas matinais revigorantes, o chá nos leva a cerimônias delicadas e contemplativas, como as do Japão e da China. Esses rituais não apenas refletem as preferências individuais, mas também revelam os valores culturais e sociais de diferentes comunidades ao redor do mundo.

3. Variedades e Sabores: Assim como existe uma ampla gama de variedades de café, como arábica e robusta, o mundo do chá é igualmente diversificado. Do chá preto encorpado ao chá verde revigorante, passando pelo oolong suave e pelo branco delicado, cada tipo de chá oferece uma experiência única de sabor, aroma e até mesmo benefícios para a saúde.

4. Impacto na Economia: O café e o chá não são apenas apreciados por seu sabor, mas também têm um impacto significativo na economia global. Muitos países dependem da produção e exportação dessas commodities, o que influencia não apenas as economias locais, mas também as dinâmicas globais de comércio e sustentabilidade.

5. Café e Chá na Cultura Popular: Ao longo dos anos, o café e o chá têm desempenhado papéis proeminentes na cultura popular. De representações em filmes e na literatura até sua presença na arte e na música, essas bebidas têm inspirado e cativado pessoas em todo o mundo, tornando-se símbolos de conforto, convívio e até mesmo rebelião.

Ao explorar essas conexões entre o café e o chá, somos convidados a mergulhar em um mundo de sabores, tradições e histórias compartilhadas. Que essa jornada nos inspire a apreciar e celebrar não apenas nossas bebidas favoritas, mas também a riqueza e a diversidade da cultura humana. Porque, afinal, há espaço de sobra em nossa xícara para todas as experiências que a vida nos oferece.

- Harmonizações com chá
Combinações café e chá

Antes de nos aprofundarmos nas deliciosas combinações de chá e café, vale destacar os benefícios para a saúde que essas bebidas oferecem. O chá, com sua riqueza em antioxidantes e polifenóis, é conhecido por sua capacidade de proteger o corpo contra danos dos radicais livres, enquanto o café, com sua dose de cafeína e antioxidantes, promove uma melhoria na função cerebral e um impulso de energia.

Agora, vamos explorar algumas das combinações mais populares:

  1. Chá Verde com Café: A união do chá verde, conhecido por seus inúmeros benefícios para a saúde, com o café resulta em uma bebida refrescante e rica em antioxidantes. Experimente preparar um chá verde forte e adicionar ao seu café, ou misturar o chá verde em pó diretamente ao café moído antes de preparar.
  2. Chá de Frutas Vermelhas com Café: Para uma opção doce e frutada, combine o chá de frutas vermelhas com café. Adicione uma colher de chá deste chá ao seu café para desfrutar de uma bebida com uma explosão de sabores.
  3. Chá de Hortelã com Café: O chá de menta, conhecido por suas propriedades digestivas e refrescantes, adiciona um toque revigorante ao café. Adicione algumas folhas de menta fresca ao seu café para uma experiência única.
  4. Chá Chai com Café: A mistura de especiarias do chá chai, combinada com o sabor intenso do café, cria uma bebida picante e aromática. Misture o chá chai em pó com o café moído antes de preparar para obter uma explosão de sabores.

Quanto aos métodos de preparação, você pode experimentar diferentes abordagens, desde a infusão simultânea até a adição de chá ao café já pronto, conforme sua preferência e conveniência.

Ao explorar a combinação de café e chá, você abre as portas para uma nova dimensão de sabor e prazer. Então, não hesite em experimentar e descobrir as maravilhas que essa fusão pode oferecer ao seu paladar e à sua saúde

Quer encontrar os chás para as combinações saírem perfeitas? Entre em nosso site ou acesse o link nos tópicos!!

Reflexão e Energia: A Dança Sutil entre a Alma e o Coração.

Em meio ao turbilhão da vida moderna, encontrar um equilíbrio entre a energia que nos impulsiona e a reflexão que acalma a mente é uma busca constante. Nesse ritmo acelerado, muitas vezes esquecemos a importância da pausa, de respirar profundamente e contemplar o caminho que estamos percorrendo. É nesse ponto de encontro entre a reflexão e a energia que podemos descobrir uma harmonia essencial para o nosso bem-estar.

A reflexão é como um mergulho profundo nas águas serenas da nossa própria consciência. É uma oportunidade para silenciar o ruído externo, desacelerar o ritmo frenético e escutar as vozes internas que muitas vezes ficam perdidas no tumulto da vida cotidiana. Ao reservarmos um tempo para refletir, recarregamos não apenas nosso corpo, mas também nossa mente e espírito.

A prática da reflexão nos permite analisar nossas escolhas, compreender nossos sentimentos mais profundos e cultivar uma maior consciência do momento presente. Essa conexão interior é uma fonte valiosa de energia, uma vez que nos coloca em sintonia com nossos valores, propósitos e aspirações.

Ao refletir sobre nossas experiências, abrimos espaço para a aceitação e a gratidão. Aceitar as lições aprendidas com as adversidades e encontrar gratidão nas pequenas alegrias diárias são formas poderosas de recarregar nossa energia emocional. A aceitação libera o peso do passado, enquanto a gratidão ilumina o presente, infundindo-nos com uma energia positiva que transcende os desafios que enfrentamos.

A reflexão não é um convite para a estagnação, mas sim uma ponte para a ação consciente. Ao mergulhar nas profundezas do nosso ser, ganhamos clareza sobre nossos objetivos, valores e direção. Essa clareza, por sua vez, se transforma em uma fonte de energia direcionada, impulsionando-nos a tomar medidas alinhadas com nossa verdade interior.

A dança entre reflexão e energia é uma jornada dinâmica, onde cada passo de introspecção é seguido por uma dança vigorosa de ação. Essa harmonia entre contemplação e movimento cria um ciclo de crescimento contínuo, permitindo-nos evoluir com propósito e consciência.

Em última análise, a reflexão e a energia não são opostas, mas aliadas essenciais em nossa jornada. Ao abraçar esse equilíbrio delicado, encontramos a força interior necessária para enfrentar os desafios da vida, enquanto cultivamos uma serenidade que nutre nossa alma.

Além de ser uma fonte de energia e um catalisador para a reflexão, o chá tem uma longa associação com a espiritualidade. Muitas tradições, como o chá cerimonial japonês e a cerimônia do chá chinesa, valorizam o ato de beber chá como uma experiência que transcende o físico, alcançando o espiritual.

Ao incorporar o chá em nossa rotina diária, abrimos as portas para uma jornada de descoberta interior. A simplicidade do ato de tomar chá pode se transformar em uma prática espiritual que nos conecta com algo maior do que nós mesmos.

O que recomendamos para as noites são aqueles chás florais e que trazem calma para o seu sistema digestivo e que tenham flores como erva doce, tília e rooibos.

Para a concentração do dia, os chás verdes pela manhã e os pretos e oolongs a tarde podem transformar o seu dia pela energia e transformação da mente, quando consegues fazer do chá um hábito de conexão com seus pensamentos, trazendo organização mental e até mesmo uma sensação de estar fazendo algo por si mesmo.

Espero que você encontre esse momento e que se transforme em dança no seu dia.

Imagem concedida por Tai Capelari que é artista plástica, apaixonada por chás e ao longo do tempo, se tornaram um ritual de inspiração para sua arte.

Tânia Rampi – Fundadora da Tea Road

Sommelière de chá | Tea Blender
Happiness is on the way.
Siga @tearoad_br

Faz muito tempo que harmonizar chás e chocolates virou uma elegante forma de ter surpreendentes experiências sensoriais.

Aprender a combinar chá com comida abre uma nova maneira de desfrutar de um chá excepcional. Ao considerar textura, aroma, intensidade e sabor, você pode começar a entender o que complementa o quê. Os dois compartilham muitas características semelhantes, desde aromas florais, frutados ou de nozes até níveis de adstringência de taninos.

CHÁ E CHOCOLATE – UMA COMBINAÇÃO PERFEITA

Chá excepcional + chocolate de alta qualidade = pura felicidade. A resposta a esta equação é uma que poucos desafiariam e, embora pareça bastante simples, há algumas coisas importantes a serem lembradas ao combinar chá e chocolate.

O chocolate artesanal está crescendo globalmente de maneira semelhante ao chá especial. Chocolatiers artesanais de pequenos lotes focados em chocolate de origem única estão apresentando ao nosso paladar produtos muito superiores e nos ajudando a entender a jornada do grão do cacau à barra (o bean to bar) . 

Tal como acontece com o chá, o terroir desempenha um papel crítico no chocolate fino. A altitude, o clima e o solo afetam o sabor do grão de cacau de maneira semelhante à folha de chá. O melhor chá é criado graças à habilidade do artesão – o mesmo vale para o chocolate. Quando os melhores grãos de cacau estão nas mãos de um artesão habilidoso, os resultados dão uma amostra do que você pode estar perdendo.

Você pode encontrar uma variedade tão grande de estilos para chá e chocolate e, embora não haja muitas combinações ‘terríveis’, certamente há muitas que são melhores do que outras. Por exemplo, eu geralmente evitaria misturar um chá branco delicado como Silver Needles, ou um chá amarelo fresco com chocolate, pois as sutilezas que tornam esses chás excepcionais serão dominadas. Ao compreender os princípios que criam excelentes combinações de sabor com chá e chocolate, você será capaz de identificar as combinações congruentes e complementares que realmente funcionam.”

CHOCOLATE BRANCO

O chocolate branco de alta qualidade é rico, suave e muito cremoso. O chocolate branco é feito com manteiga de cacau, açúcar e leite, sendo a doçura muitas vezes a característica definidora. O princípio geral aqui é combinar doce com doce, mas você também pode encontrar algumas combinações realmente diversas com chocolate branco que potencializam sabores mais amargos.

Pense nos tipos de sabores que você normalmente encontra em um chocolate branco aromatizado, por exemplo nozes de macadâmia, frutas vermelhas, coco ou limão. Usando esses sabores como um guia básico, descobrimos que eles se traduzem em estilos de chá. Os chás verdes como sencha, blends com baunilha, florais, frutas vermelhas, com citrinos fazem uma combinação exaltada.

As infusões herbais funcionam muito bem com chocolate branco também. Uma Com base de capim-limão é ótima porque a acidez natural equilibra a doçura do chocolate e limpam o paladar. Com frutas vermelhas puras também.

Uma combinação inesperada de chá com chocolate branco é o matcha. 

Matcha é um dos chás verdes de sabor mais ‘amargo’ e este perfil de amargor extremo contrasta diretamente com a doçura do chocolate branco. Quando combinados, a cremosidade do emparelhamento é perfeita e compensa o amargor tanino do matcha, enquanto corta a doçura do chocolate branco. Você acaba com uma sensação na boca realmente luxuosa. É uma combinação que está começando a ganhar muita força no mundo da culinária, com os chefs usando cada vez mais chocolate branco e matcha de grau culinário em sobremesas.”

COMBINAÇÕES SUGERIDAS DE CHÁ E CHOCOLATE BRANCO

Verdes japoneses, verdes frutados e cítricos, matcha, chá verde com jasmim, com menta marroquina, com frutas amarelas, com figo e romã além das tisanas com capim santo, erva cidreira, frutas vermelhas. Rooibos puro e com frutas e ervas são maravilhosos para limpar a gordura do paladar e eles não tem cafeína

CHOCOLATE AO LEITE

O chocolate ao leite contém de 10 a 40% de cacau, gordura do leite, sólidos do leite e adoçantes e geralmente é suave, doce e derrete na boca. É provavelmente o mais versátil para combinar com chá e funcionará bem com uma mistura de chai picante até um chá preto adstringente e defumado.

Existem algumas opções seguras para combinar chocolate ao leite com chá. Geralmente qualquer chá preto funciona bem, embora eu recomende chá preto sem leite. Além do fato de que, se você estiver bebendo um chá de alta qualidade o suficiente para estragar o leite, adicionar uma camada extra de cremosidade às vezes pode mascarar os sabores diferenciados em um chocolate artesanal cuidadosamente elaborado.

As sugestões finais são um chá preto do Nepal ou de Darjeeling de segunda colheita,  com um tom forte de moscatel é uma ideia, ou busque inspiração no Japão e procure um chá verde torrado como o Houjicha ou mesmo Genmaicha funciona incrivelmente bem. O Houjicha tem notas quentes e tostadas com um toque de caramelo salgado que, quando combinado com um chocolate ao leite decadente, pode realmente abrir novos sabores. O Genmaicha, que tem pedaços de arroz torrado, contrasta o leite com seus sabores minerais, salgados e de nozes, mas também complementa com suas notas cremosas de pipoca amanteigada.

COMBINAÇÕES SUGERIDAS DE CHÁ E CHOCOLATE AO LEITE

Chá preto do Nepal ou Darjeeling, da India de segunda colheita, Genmaicha ( com arroz tostado), Houjicha ( sem cafeína e tostado)

Todos os chais bem picantes além de blends de chá preto com rosas e ou com caramelo, baunilha e avelã.

DARK

O chocolate amargo tem alto teor de cacau e sabores robustos de grãos de cacau. É mais terroso, frutado e mais poderoso no paladar do que qualquer outro tipo de chocolate. O chocolate escuro produz grande contraste para sabores doces e picantes e também suporta sabores realmente ousados ​​sem ser ofuscado.

Chocolate amargo tolera chá realmente ousado e tânico. .

Opte por um  rico chá preto chinês como um puerh envelhecido  ou apenas os  pretos terroso de Yunnan. E experimentar combinações de chá oolong são infalíveis.  Existe uma gama tão ampla de sabores com oolong que sempre é possível combinar algo que se adeque especificamente aos sabores do extrato da barra de chocolate amargo que você está tentando combinar. Um Da HONG PAO de Tawain, ou um clássico Tie Guan Yin onde o licor frutado e encorpado complementa a riqueza e a intensidade de uma barra de cacau com mais de 85%.”

MENOS É MAIS

Uma coisa a lembrar ao combinar ingredientes de alta qualidade é menos é mais. Se você toma um chá extraordinário ou um chocolate excepcional que expressa proveniência excepcional, terroir e o artesanal fazem jus ao combinar com algo de nível de qualidade semelhante.

Sempre que possível, combinar chás puros com chocolate fino. Os sabores artificiais demais de alguns e até mesmo naturais misturados demais irão mascarar o que o chocolatier está tentando expressar através da barra. Você não quer muita coisa acontecendo no paladar e não quer aromas avassaladores. Isso permitirá que você se concentre na textura, sensação na boca e nas camadas de sabores diferenciados. Experimente e brinque e você rapidamente perceberá o que complementará e contrastará e suas próprias preferências pessoais quando se trata de parcerias de chá e chocolate.

 RESUMO:

Chá excepcional + chocolate de alta qualidade = pura felicidade . E faz muito tempo que harmonizar chás e chocolates virou uma elegante forma de ter surpreendentes experiências sensoriais, por isso nossas sugestões podem trazer um prazer inesperado para o seu paladar,

COMBINAÇÕES SUGERIDAS DE CHÁ E CHOCOLATE BRANCO

Como o chocolate Branco, Caramelo e Flor de Sala da Priscyla Franca

Verdes japoneses, verdes frutados e cítricos, matcha, chá verde com jasmim, com menta marroquina, com frutas amarelas, com figo e romã além das tisanas com capim santo, erva cidreira, frutas vermelhas. Rooibos puro e com frutas e ervas são maravilhosos para limpar a gordura do paladar e eles não tem cafeína

COMBINAÇÕES SUGERIDAS DE CHÁ E CHOCOLATE AO LEITE

Com a sugestão do Chocolate ao Leite Pé de Moleque da Priscyla Franca.

Chá preto do Nepal ou Darjeeling, da India de segunda colheita, Genmaicha ( com arroz tostado), Houjicha ( sem cafeína e tostado). Todos os chais bem picantes além de blends de chá preto com rosas e ou com caramelo, baunilha e avelã.

COMBINAÇÕES SUGERIDAS DE CHÁ E CHOCOLATE AMARGO

Com a sugestão da Priscyla Franca com a barra de chocolate 70% Cacau da Amazônia

Opte por um rico chá preto chinês como um puerh envelhecido ou apenas os pretos terrosos de Yunnan. E experimentar combinações de chá oolong são infalíveis. Um Da HONG PAO de Tawain, ou um clássico Tie Guan Yin onde o licor frutado e encorpado complementa a riqueza e a intensidade de uma barra de cacau com mais de 85%.”

 

Sommelier de chá  e Tea Blender Tânia Rampi – Fundadora da Tea Road.